REVISTA

notícias
Gilles Lipovetsky diz que projeto do PopCenter em Porto Alegre serve de modelo ao país
28/02/2013

Filósofo e sociólogo francês conheceu na manhã desta quinta-feira, 28/02, projeto de inclusão social desenvolvido no shopping popular de compras da cidade.

Referência mundial no mundo da moda, Gilles Lipovetsky viveu um momento diferente na manhã desta quinta-feira. Guiado pela diretora do PopCenter – Shopping Popular de Compras de Porto Alegre, Elaine Deboni, ele percorreu os corredores do empreendimento e conheceu um projeto pioneiro no Brasil de inclusão social através da moda. Ancorado na capacitação, treinamento e programas de moda, como desfiles e publicação de revistas do segmento, o projeto tem transformado a vida das mais de 800 famílias que antes trabalhavam nas ruas como camelôs. “Não conheci nada parecido ainda. Serve de modelo para os estados do norte e nordeste do país e aos países em desenvolvimento que convivem com os vendedores ambulantes”, destacou Gilles em entrevista para a imprensa.

Para Gilles, o projeto do PopCenter é uma quebra de paradigmas em todos os sentidos. Ele ficou surpreso com as roupas de fabricação própria, com a limpeza do local, por se tratar de um shopping de grande circulação – cerca de 40 mil pessoas circulando por dia, e com a quantidade de jovens trabalhando. “Isso significa que não estão nas ruas”, lembrou. O sociólogo fez um apelo para que a sociedade não chame mais o local de “camelódromo”, pois seria diminuir a posição e a atividade dos lojistas.

“Esse é um trabalho de base, em que precisamos orientar e ensinar essas pessoas a valorizarem os seus negócios. É um desafio diário e do qual sinto muito orgulho”, ressalta Elaine, que aproveitou para mostrar todos os prêmios que o shopping já conquistou, incluindo uma publicação de 16 páginas no Case Studies da Fundação Getúlio Vargas, destacando o modelo inédito de administração do local. “Somos premiados e reconhecidos no país pelo nosso trabalho de capacitação e formação das pessoas que deixaram as ruas para trabalhar aqui. Queremos que o Gilles leve esse modelo para o mundo”, destaca.

Além da experiência inédita, Gilles levou para casa uma camisa da seleção brasileira assinada pelos lojistas, uma revista do PopCenter, em inglês, e um vídeo que conta um pouco da história de transformação social das pessoas que trabalham no shopping.

fonte

http://www.planetaempreendedor.com.br